Acabamento de capa

ACABAMENTO

Os acabamentos são técnicas usadas para dar um aspeto diferenciado e mais nobre às capas. O brilho da envernização, a elegância do fosco, a modernidade da metalizado e o charme do relevo são algumas das opções. Dentre tantas alternativas, vale a pena ponderar qual a que mais se adequa às suas necessidade e orçamento.

LAMINAÇÃO

Laminação é uma película de polipropileno biorietado (BOPP) que poder pode ser opaca ou com brilho e permite a aplicação de verniz se necessário. É aplicada, através de máquinas específicas, nas capas dos livros, com o intuito de melhorar a sua qualidade e durabilidade. O acabamento fica impecável, discreto e elegante, agregando valor ao livro. A laminação é aplicada em toda a face do impresso, não podendo ser aplicada apenas em alguns detalhes (como acontece com o Verniz UV Localizado, por exemplo).

 

Laminação brilho: é uma película plástica brilhante que reflete bastante a luz e traz um acabamento chamativo à capa. Opção excelente quando o objetivo principal é evidenciar as cores e deixá-las mais vivas e saturadas.


Laminação fosca: é uma película plástica fosqueada cujo resultado final da um toque muito fino, atraente e marcante nas capas dos livros. 

Laminação Soft Touch: O Soft Touch é um tipo de laminação fosca aplicado ao material impresso. Assim como em outros tipos de laminação, o filme de BOPP fosco é a matéria prima base utilizada na produção e aplicação desse acabamento. Com a diferença de que o Soft touch é aveludado, o que proporciona toque suave ao local em que foi aplicado. É bem comum também encontrar esse acabamento em livros e fica lindo. Porém, como nem tudo são flores, um defeito é que ele pode ser danificado com facilidade. Se o leitor estiver com a mão molhada ou suja, pode deixar a capa marcada. 

De um modo geral, para capas de livros, recomendamos a Laminação Fosca. Entretanto, esse processo pode ter um único defeito, em alguns casos pode ocorrer a curvatura do material, já que o papel e o filme plástico têm características diferentes em relação ao processo térmico. Por isso recomendamos nos livros de lombada quadrada o uso de orelhas grandes de 12 em livros de 14 x 21 ou de 14 em livros de 16 x 23, por forma a dar um melhor fechamento à capa.

VERNIZ UV

O Verniz UV (assim chamado devido ao seu método de secagem que ocorre através da exposição à radiação ultravioleta) é consiste em um revestimento transparente aplicado em local determinado por indicação do arquivo, com o intuito realçar e melhorar a qualidade e durabilidade. Este enobrecimento proporciona um brilho intenso ao local onde é aplicado, sofisticando o resultado final do produto. Existem algumas formas diferentes de aplicação do Verniz UV, tais como: Verniz UV Total Frente (aplicado em toda a frente do material), Verniz UV Total Frente e Verso (aplicado em toda a frente e o verso do material), Verniz UV Localizado (aplicado em apenas alguns detalhes do impresso, tais como fotos e textos, realçando estas partes).

O verniz total brilho valoriza o material com brilho e lisura, sendo ousado e discreto ao mesmo tempo. Já o verniz localizado é, simplesmente, quando o livro traz um local meio brilhante (grande parte tem alto-relevo, mas não é sempre). Pode vir no nome do autor, no título ou, até mesmo, em uma imagem. É bem comum ser utilizado no mercado editorial e deixa o livro bem mais bonito! A aplicação de verniz UV local não deve ser feita em fontes abaixo de 8pt e em traços com menos de 1pt.

Para aplicação do acabamento do verniz localizado, utiliza o processo de silk-screen. Com isso, a aplicação se limita a lugares específicos para o destaque da comunicação. Para um acabamento de maior qualidade e um produto encorpado, é necessário a aplicação da laminação fosca. Para aplicação do acabamento de verniz localizado pode ser realizado em qualquer tipo e gramatura de papel. Mas para isso, um processo de revestimento anterior será necessário.

GRAVAÇÃO A QUENTE OU HOT STAMPING

Conhecido também como impressão ou estampa a quente, o hot stamping é uma técnica de impressão diferenciada que utiliza uma fita de material sintético no lugar da tinta. Essa fita contém os pigmentos das cores desejadas, sendo um processo de qualidade, rapidez e com um excelente custo.A estampagem é a aplicação de uma película, usando uma matriz aquecida, que vai aderir à superfície da capa do livro deixando o desenho da matriz do papel. Vários tipos de estampagem são possíveis como estampagem dourada (brilhante e opaca), prata, preto, ou branco como cores padrão.

ESTAMPA COM RELEVO

A estampa em baixo ou alto relevo é obtida ao criar um motivo elevado ou cavado na capa ou lombada de um livro. O processo pode ser de timbragem, que é um processo encavográfico feito com matriz de chapa de aço, a qual recebe tinta apropriada e é fortemente pressionada contra o papel, gerando uma impressão em relevo. Pode também ser o processo chamado de relevo americano que consiste em uma impressão tipográfica que produz um efeito tátil, em virtude da formação de uma textura grossa em relevo, com aplicação de cor. E existe também o processo chamado de relevo seco, que consiste em uma impressão tipográfica que produz um efeito tátil, em virtude da formação de uma textura grossa em relevo, sem aplicação de cor.

Esses mínimos, ainda que venham valorizar a capa, acabam encarecendo bastante o produto, e nem sempre vêem agregar mais vendas, às vezes produzem o efeito contrário devido ao encarecimento que será repercutido no preço final de venda.

VINCOS

Nos livros com lombada quadrada, os vincos (que serão de 4 a 6 conforme a capa tenha ou não orelhas), servem a definir a lombada e as orelhas. A lombada do livro é feita com dois vincos que servem de guias para o miolo, na hora da encadernação, e os outros dois vincos que servem de guia para a abertura da capa e contra capa. Por fim, caso o livros tenha orelhas, haverá lugar a mais dois vincos para delineá-las. Os vincos são criados com um equipamento apropriado, com escala métrica e esquadros ajustáveis: a vincadeira. Sem o equipamento adequado pode haver quebra das fibras do papel, comprometendo a qualidade da capa e a longevidade do livro. Sem contar que a vincadeira torna o processo muito mais ágil.

ENCADERNAÇÃO

A encadernação se faz com uma máquina encadernadora que une a capa ao miolo do livro de forma profissional. É um processo automatizado, que permite uma produção em série sem perda de qualidade. O acabamento é feito no estilo brochura, com o corte de pequenas brechas na lombada do livro e adição de cola para homogeneização.

EMPASTAMENTO E ACOPLAMENTE DE PAPEL

O Empastamento e acoplamento de papel são dois acabamentos gráficos bem simples apesar dos nomes. O processo de empastamento em si, consiste, na colagem de suas partes de papel em um miolo de cartão. O objetivo é aumentar a espessura ou criar relevos.

Esse processo tem como objetivo criar uma capa dura.

GUARDA E FOLHA DE GUARDA

As guardas de um livro, presentes apenas em edições em capa dura, tem como função grudar a capa ao miolo (este é o conjunto das folhas de um livro). Podem ser lisas ou ornamentadas.

MARCADORES DE FITA

Marcadores de fita são fitas de tecido acopladas ao cabeceado do livro para serem usadas como marcadores. 

CINTA

Presente em alguns livros, a cinta é uma tira de papel que envolve a capa horizontal ou verticalmente e traz informações geralmente promocionais sobre o livro.

LUVA

A luva é uma proteção de papel ou cartão que envolve cada exemplar. O conjunto da luva e do livro se chama box e são usadas principalmente para coleções ou para obras em mais de um volume.