TIRAGEM

É comum que haja confusão entre os termos edição e tiragem, mas são coisas completamente distintas.

O conceito de tiragem diz respeito ao número de exemplares que serão produzidos de determinada publicação.

Um determinada edição pode ter várias tiragens, já que quando os exemplares de uma determinada tiragem se esgotam, é necessário fazer uma reimpressão, ou seja, uma nova tiragem dessa mesma edição.

Recomendamos que as tiragens de milheiros sejam produzidas em sistema gráfico offset, e as pequenas tiragens de 50 a 500 exemplares sejam produzidas em sistema gráfico digital. De 500 a 1.000 ambas as soluções servem, mas ambas perdem competitividade perante as tiragens mais adaptadas a suas especificações.

Tiragem não significa vendas, e publicações paradas em estoque significam gastos desnecessários e empate de capital. Calcular o numero de exemplares de uma tiragem é algo que deve levar em conta vários fatores como qual será a demanda do livro no dia do seu lançamento e nos dois primeiros meses após o lançamento. Por isso uma tiragem correta deverá estar totalmente relacionada com o perfil do autor da obra. Quanto menos conhecido ou iniciante, menor deve ser o número de exemplares.