Papel, acabamento e encadernação para capa de livro

PAPEL PARA CAPA

Para orçar o valor de impressão de seu livro, você precisa escolher o tipo de papel e gramagem de sua capa, assim como o tipo de acabamento pretendido, pois tudo isso é parte determinante na estrutura de custo de produção do livro.

SUPREMO ou CARTÃO TRIPLEX

Supremo é o nome comercial dado ao papel Cartão Triplex que é fabricado exclusivamente com celulose branqueada, é um papel muito resistente, devido à sua alta gramatura, e textura extremamente lisa. Geralmente são bem colados em formatos, com acabamento monolúcido, alisado ou super-calandrado. Ideal para capa de livro

Disponível nas gramaturas 250 g/m², 275 g/m², 300 g/m², 325 g/m² e 350 g/m²

COUCHÉ

De uso mais raro em capa a não ser para trabalhos bem específicos e geralmente com miolo em papel couché de 115 ou 150 g/m².

Couche: é o nome dado aos papéis que recebem produtos como carbonato de cálcio, caulin, látex e outras substâncias mais, que protegem as fibras do papel e o deixam mais liso, sem rugosidades. Com isso, a impressão fica mais superficial, deixando uma camada de tinta mais brilhante, pois há pouca absorção pelo papel. E é por isso que este papel é tão usado, por deixar os impressos mais vistosos.

 

Existem inúmeras variações do papel Couche, como por exemplo o Couche Fosco, Couche Brilho, ambos são lisos e uniformes, porém, a camada de revestimento do couché com brilho reflete mais luz, e por isso é mais brilhante que o fosco. O aspecto super brilhante do couché com brilho deixa as cores mais vivas, porém, dificulta a leitura. Por sua vez, o papel Couche Fosco absorve mais luz, o que deixa a cor mais pura, dando ao impresso um ar de sofisticação.

Gramaturas: De 70 a 210 são fabricados no Brasil e importados até 350 g/m². Geralmente em capas costuma-se usar 300 g/m².

ENCADERNAÇÃO

Há três principais métodos e tipos de encadernação aplicados a livros e revistas, com o intuito de facilitar o manuseio e de unir as suas páginas. 

CANOA

O método canoa de encadernação consiste em grampear as folhas, sendo principalmente utilizado principalmente em revistas e livros infantojuvenis. Nesse tipo de encadernação, o miolo se prende à capa por meio de grampos. Não é muito indicado para volumes com muitas páginas (acima de 60), nem para papéis de alta gramatura, pois isto dificulta a dobra e prejudica o acabamento.

LOMBADA QUADRADA

A encadernação com lombada quadrada pode ter seu miolo colado de diversas maneiras, em métodos mais tradicionais através de costura ou com tela, mas atualmente são mais empregados métodos com cola como Hot Melt ou PUR, com ou sem costura.

CAPA DURA

O processo de encadernação Capa Dura é aquele que que as folhas são costuradas e coladas na capa e contra capa. Capa e contra capas deverão ser forradas com Courinho. Oferecemos o material em diversas cores. Existe ainda a opção de gravação da capa pelo processo Hot Stamp. Esse tipo de encadernação é indicado para trabalho de conclusão de curso e livro fiscal por exemplo.

Lembre-se que para qualquer tipo de encadernação escolhida, é necessário prever uma margem de segurança próxima da área onde será a encadernação, para não sobrepor imagens ou textos.