Papel para capa

Para orçar o valor de impressão de seu livro, você precisa escolher o tipo de papel e gramagem de sua capa, assim como o tipo de acabamento pretendido, pois tudo isso é parte determinante na estrutura de custo de produção do livro.

SUPREMO ou CARTÃO TRIPLEX

Supremo é o nome comercial dado ao papel Cartão Triplex que é fabricado exclusivamente com celulose branqueada, é um papel muito resistente, devido à sua alta gramatura, e textura extremamente lisa. Geralmente são bem colados em formatos, com acabamento monolúcido, alisado ou super-calandrado. Ideal para capa de livro

Disponível nas gramaturas 250 g/m², 275 g/m², 300 g/m², 325 g/m² e 350 g/m², sendo 250 g/m² e 300 g/m² as gramaturas mais usadas nas capas de livros.

COUCHÉ

De uso mais raro em capa, a não ser para trabalhos bem específicos e geralmente com miolo em papel couché de 115 ou 150 g/m², Couché é o nome dado aos papéis que recebem produtos como carbonato de cálcio, caulin, látex e outras substâncias mais, que protegem as fibras do papel e o deixam mais liso, sem rugosidades. Com isso, a impressão fica mais superficial, deixando uma camada de tinta mais brilhante, pois há pouca absorção pelo papel. E é por isso que este papel é tão usado, por deixar os impressos mais vistosos.

 

Existem inúmeras variações do papel Couché, como por exemplo o Couché Fosco, Couché Brilho, ambos são lisos e uniformes, porém, a camada de revestimento do couché com brilho reflete mais luz, e por isso é mais brilhante que o fosco. O aspecto super brilhante do couché com brilho deixa as cores mais vivas, porém, dificulta a leitura. Por sua vez, o papel Couché Fosco absorve mais luz, o que deixa a cor mais pura, dando ao impresso um ar de sofisticação.

Gramaturas: De 70 a 210 g/m² são fabricados no Brasil e importados até 350 g/m².