Existem duas formas de impressão:
Offset, mais adequada a tiragens de milheiros - Digital, para tiragens de dezenas ou centenas. 
OFFSET - Impressão por milheiro
DIGITAL - Impressão sob demanda

Consideramos que a impressão do miolo dos livros em sistema digital nada deixa a desejar perante o sistema offset, muito pelo contrário, pois, a nosso ver, ela ganha em nitidez.

A maior perda de qualidade ocorre, por vezes, na edição das capas no sistema digital, sendo que, para evitar alguns problemas próprios deste sistema de impressão, se recomenda evitar alguns efeitos de design que dificilmente resultam tão perfeitamente quanto em offset.

Fora dessas poucas limitações, quanto a capas e cores, é o sistema ao qual recorrem cada vez mais editoras, seja para evitar estoque, seja para dar continuação a tiragens offset já esgotadas não arriscando uma segunda tiragem nesse sistema devido às quantidades que podem não encontrar escoamento.

Toda vantagem tem seu correlato inconveniente e a impressão digital de livros não foge a essa regra. 

Se por um lado você pode imprimir 1, 50, 100, 300 ou quantos livros você realmente precisa, dispondo deles em poucos dias, por outro, os custos são bem mais elevados. Assim, se você reduz o risco de encalhe também reduz substancialmente o lucro editorial. Se repercutir a totalidade desse custo no preço de capa, irá desincentivar as vendas, adentrando, desta forma, num ciclo comercial pernicioso.

É preciso encontrar o justo termo, momento a momento, caso a caso, e é aqui que podemos ajudá-lo, caso opte pelo binômio de atividade de escritor/editor. 

Recomendamos que sua obra já esteja diagramada antes de solicitar um orçamento de impressão (para tal veja nossos serviços de editoração). Prazo de produção gráfica de 8 a 10 dias úteis.

Uma das principais vantagens da impresssão offset reside na qualidade das capas e de todo material que contenha cores. Mas, uma tiragem offset só é recomendada, devido a seus elevados custos fixos de tiragem (compensados pelos seus baixos custos variáveís), para tiragens iguais ou superiores a mil exemplares.

No entanto, é a partir de três mil exemplares que se consegue as maiores economias de escala. 

Se a grande vantagem de uma edição offset de um livro é o baixo custo de produção, a desvantagem é que a quantidade necessária obriga a um elevado investimento. Além do mais, de nada serve um custo unitário baixo se é para ficar com os livros em estoque. Então, você descobrirá como o barato pode sair bem caro.

Por isso, antes de se aventurar numa tiragem offset, assegure-se de que irá dispor dos canais de distribuição para essa produção. Lembre-se de que as livrarias estão assoladas de propostas de consignação e o espaço físico disponível, até nas MegaStores, acaba por deixar de fora grande parte da oferta editorial. Por isso, as livrarias irão sempre privilegiar escritores já conhecidos ou editoras de best-sellers.

Mesmo que você consiga colocar seu livro nas principais livrarias, nunca poderá seriamente trabalhar esse segmento de distribuição do livro sem editar pelo menos três mil exemplares, sendo que, para uma correta cobertura das seis principais redes de livrarias do Brasil, você deve considerar uma tiragem de dez mil exemplares. A isso, obviamente, acrescentar-se-ão os custos de logística de distribuição.

(98) 3251-3744 - (98) 99612 2384 - (98) 98283 2560

jaaviegas.editora@gmail.com

© 2020  J. A. A. Viegas Editora (São Luís - MA - Brasil).