Editora Tradicional

Este é o modelo mais antigo existente e praticado pelos grandes players do mercado nacional e internacional. O autor assina um contrato, e recebe royalties de direitos autorais pela venda do seu livro. Todos os custos de produção e distribuição da obra correm por conta da editora. O retorno deste investimento virá pela venda do livro.

Conseguir um contrato com uma editora tradicional pode ser um caminho árduo para autores iniciantes, pois elas dão preferência para escritores mais experientes, ou com mais renome, visto o grande investimento inicial que fazem e o risco que correm de o título não vender bem, ou ainda levar muitos anos para recuperá-lo. Isso sem falar que o mercado editorial é altamente competitivo. Por esse motivo, é muito importante buscar editoras que tenham a linha editorial mais próxima possível do seu livro, pois assim suas chances de sucesso se tornam maiores.

 

Vantagens

  • Não há nenhum custo para o autor.

  • Toda a comercialização da obra é feita pela editora, portanto o autor não precisa se preocupar em vender seu próprio livro.

  • A editora prepara e banca a sessão de autógrafos do lançamento.

  • Há uma verba destinada ao marketing e à assessoria de imprensa para o livro.

Desvantagens

  • Dificuldade para a entrada de autores iniciantes. Muitas só avaliam propostas apresentadas por agentes literários. Outras têm uma linha editorial bem definida e talvez seu livro não se encaixe nela.

  • O autor, geralmente, não participa de nenhuma etapa da produção do seu livro, ou seja, pouco ou nada pode opinar sobre título, capa, projeto gráfico, diagramação, preço de venda etc.

  • O atendimento personalizado é bem mais difícil de ocorrer, dada a quantidade de pessoas e processos envolvidos na produção do livro.

  • Como o autor não tem autonomia sobre o processo de comercialização, se souber de alguma livraria interessada em seu livro só poderá dizer a ela que procure a editora. Além disso, normalmente não pode vender o próprio livro. Caso seja um palestrante, por exemplo, terá que comprar a obra da editora para poder comercializá-la.

 

 

VANTAGENS


Credibilidade: As editoras comerciais são, na sua grande maioria, as mais importantes editoras do país. Publicar um livro através de uma editora comercial, agrega prestígio e credibilidade à obra. Essas grandes editoras facilitam a participação do autor em feiras do livro, simpósios e afins, sendo que esse contato com o público é fundamental tanto para o autor como para a editora.

 

Investimento: Assumem todos os custos do seu livro: ilustração, revisão, projeto gráfico editorial, diagramação de capa e miolo, registro ISBN, ficha catalográfica, selo editorial, supervisão editorial, impressão com altas tiragens (geralmente mais de 5.000 exemplares para uma cobertura mínima de redes de distribuição e venda, campanha de divulgação... Você não precisara pagar nada.

 

Qualidade: Procuram sempre garantir a máxima qualidade porque é a imagem da editora que está em jogo.

 

Marketing: Investem bastante nessa área para divulgar cada novo título, nas mídias sociais, na imprensa, em lançamentos, compra de posições estratégicas em vitrines, gôndolas ou "pilhas" que chamam a atenção do público.... tudo o que for possível e necessário por forma a tornar o seu produto livro rentável para a editora.

 

Distribuição: Editoras comerciais possuem um canal muito amplo de distribuição nas livrarias físicas onde nem todas as editoras têm as mesmas oportunidades de divulgação de suas obras e com certeza não pouparão esforços para que sua obra esteja presente nas maiores livrarias do pais. Já nas livrarias online que, de uma forma geral, acolhem todas as obras independentemente da editora, as grandes editoras comerciais predominam devido principalmente aos seus amplos catálogos de obras.

 

 

DESVANTAGENS


Porcentagem de direitos autorais: Os valores que as editoras pagam é baixo. Algo próximo aos 10% do preço de capa. Caso o o seu livro for vendido a R$ 35,00, você ganhará R$ 3,50. Se você vender 10.000 cópias que é bastante, você ganhará R$ 35 mil. Terá de conseguir produzir e publicar muitas obras comerciais para poder pensar em viver apenas como escritor, mas mesmo sendo difícil, é possível alguns autores conseguirem trilhar esse caminho empolgante.

 

Dificuldade de entrar nesse segmento de mercado editorial: Considerando que estas editoras fazem todo o investimento para uma ampla distribuição nacional de suas obras, elas precisam ter certeza do sucesso e do retorno financeiro, é por esse motivo que a quase totalidade delas preferem publicar autores já consagrados. Ser editado por uma grande ou média editora comercial, é um árduo e longo caminho que pode levar anos até você conseguir alcançar seu objetivo.

 

Decisões: Visto que eles que irão bancar a obra, também são eles que decidem o título do livro, a capa, as ilustrações e etc…

 

Marketing: Esse ponto que, como vimos acima, pode ser positivo, também pode ter aspectos negativos já que essas editoras por terem muitos livros tendem a dar mais atenção aos títulos e autores que mais vendem e trazem um lucro certo, do que aos demais de seu catalogo.